Como Plantar Gengibre uma planta Medicinal

Conhecer sobre a medicina natural pode nos garantir muitas vantagens, pois como diz o ditado popular, “a doença não escolhe hora nem sua vítima, basta que apareçam as oportunidades para se manifestar” e, nesse caso, ter a disposição alguns tipos de remédio natural, pode ser tudo o que precisamos para ficarmos prevenidos.

Por isso, hoje vamos falar um pouco sobre como plantar gengibre para quem desejar cultivar essa planta medicinal e também aproveitaremos para apontar alguns de seus benefícios.


Conhecendo o Gengibre

De origem asiática, o Gengibre é uma planta medicinal conhecida como uma das mais antigas que existem e por conta das substâncias que apresentam em sua composição, esse tubérculo é muito apreciado, tanto como medicamento natural como na culinária.

No Brasil, o plantio de gengibre é bem comum tanto no litoral de alguns estados como também na região da serra, pois a na verdade, o seu cultivo não é complicado, basta ter espaço para que a planta se desenvolva.


Preparando as Mudinhas

Esse tubérculo é facilmente encontrado no mercado, mas se é para fazer mudas, você que ainda não sabe como plantar gengibre, escolha aquelas raízes que não apresentem as folhas secas, pegue a raiz na mão e analise de perto, se tiver uma aparência de verde, é desse mesmo que você precisa.

Corte uma raiz maior e pedaços cuidando para não danificar o local onde possa sair o broto que geralmente já apresenta um pequeno botão. Depois de escolhido e cortado os rizomas, envolva cada um deles em uma toalha de papel  e coloque num vaso onde eles precisarão ser mantidos sempre úmidos.

Terra e Adubação

A terra para o plantio do gengibre deve ser bem fofa e adubada, por isso, melhor é fazer os canteiros remexendo a terra e misturando-a a adubo orgânico que pode ser uma mistura de fezes bovinas bem curtidas e folhas já em processo de decomposição.

As mudas deverão ser plantadas à uma profundidade de 10 cm e, depois disso, é importante manter a terra úmida para que essas mudas se desenvolvam.

Por conta da necessidade da umidade para que essas plantas se desenvolvam, melhor será se elas forem plantadas perto de córregos ou fontes de água onde a terra permanece mais úmida naturalmente.

Cuidados para Crescimento

Com respeito aos cuidados para o crescimento e desenvolvimento de uma plantação de gengibre tem mais a ver com a umidade da terra.

Não podemos deixar faltar umidade e além disso, pode ser necessário, por vezes chegar um pouco de terra nos pés para fortalecê-los uma vez que o caule é mais pesado e quando é plantado muito raso, a raiz não consegue resistir ao vento que balança demais e acaba comprometendo a produção.

Para quem desejar saber como plantar gengibre em vasos, este deve ser bem fundo e com espaço para a raiz se desenvolver. A planta precisa de luz para crescer, mas não deve receber o sol durante todo o dia. Ao plantar no vaso, lembre-se que o rizoma precisa ficar com pelo menos 10 cm de terra por cima.

Quando Colher

Para sabermos o tempo certo para colhermos o gengibre precisamos ficar de olho nas suas folhas, pois se os pés de gengibre são saudáveis, a partir do momento em que as folhas começam a amarelar é sinal de que os rizomas já estão maduros.

O tempo que que geralmente precisamos esperar da plantação até a colheita varia de 7 a 10 meses, mas isso vai depender muito dos cuidados que essas plantas vão receber.

Benefícios para Saúde

Entre muitos benefício do Gengibre podemos citar:

  • Combate a azia e os gases intestinais – para combater a azia e os gases no intestino, o gengibre deves ser consumido na forma de chá para se conseguir maior benefício. Prepare o chá na proporção de 1 colher de gengibre ralado para 1 xícara de água fervente e beba até 3 vezes ao dia.
  • Age como antioxidante e anti-inflamatório – dessa forma o gengibre pode prevenir doenças como a gripe, resfriados, entre outras doenças do aparelho respiratório. Além disso, usado com frequência na forma de chá ou junto com os alimentos, ele também previne o envelhecimento precoce e o câncer.

Por ser um anti-inflamatório e ele contribui nos tratamentos das inflamações no sistema músculo-esquelético e outras doenças inflamatórias.

  • Previne úlceras no estômago – o gengibre também pode prevenir e combater a temida H. Pylori, a bactéria que é uma das principais responsáveis pelas úlceras no estômago. E para as gestantes, ele também ajuda a controlar as náuseas e os vômitos que são comuns nos primeiros meses de gestação.
  • Previne o câncer no cólon-retal – por conta de uma substância denominada 6-Gingerol, o uso frequente de gengibre na alimentação também ajuda a prevenir o câncer no cólon-reta e em outros órgãos do corpo.
  • Auxilia na perda de peso – também temos uma boa notícia para quem deseja perder peso e recuperar a saúde. Graças ao 6-Gingerol e ao 8-Gingerol, o uso frequente de Gengibre também contribui com a perda de peso, pois ele promove o aumento de calor no corpo fazendo com que a pessoa transpira mais favorecendo o emagrecimento.
  • Melhora circulação sanguínea – o uso frequente de Gengibre purifica o sangue permite que ele flua melhor nas veias e artérias. Por conta disso, também podemos afirmar que ele contribui com o aumento na libido, ou seja, aumenta o desejo sexual, tanto no homem como na mulher.
  • Além destes e muitos outros benefícios que essa raiz pode oferecer para a saúde, também precisamos lembrar que ele é muito utilizado na culinária com pratos saborosos e nutritivos.

Leia também: