Tratamento para Retração Gengival, Veja soluções

Existem muitos motivos pelos quais precisamos visitar um dentista com alguma frequência, pelo menos 2 vez ao ano, pois além de se prevenir das cáries que porventura possam surgir, também podem existir alguns pequenos transtornos que certamente trarão algum dano ao organismo.

Entre os perigos que podem surgir em nossa boca e por vezes não nos darmos conta, temos que destacar a Retração Gengival que se não for tratada com urgência pode causar sérios danos a saúde bucal e ainda promover quem sabe, uma infecção mais generalizada.

Sobre esse problema bucal que acontece com a gengiva, vamos então tecer alguns comentários para quem desejar conhecer um pouco mais sobre o assunto.

O que é

Dá-se o nome de Retração Gengival ou Recessão Gengival como também é conhecida, quando existe uma diminuição da quantidade de gengiva que cobre o dente fazendo com que ele fique mais exposto como se fosse um dente mais longo do que os demais.

Essa anormalidade pode acontecer tanto em um dente apenas como em vários de uma só vez.

Essa anormalidade surge lentamente, mas com o passar do tempo, tende a se agravar e provocar infecções ou ainda levar a perda do dente  e a complicações no osso e no tecido do maxilar.

Por isso, é importante buscar por um tratamento para Retração Gengival tão logo surjam os primeiros sintomas.

retracao gengival 470x250 - Tratamento para Retração Gengival, Veja soluções

Porque a Gengiva se Retrai

Apesar de existir a possibilidade de ser um problema hereditário, ainda existem algumas outras causas que promovem a Retração Gengival, veja a seguir:

  • Maus cuidados com a escovação dos dentes,
  • Excesso de força na escovação, geralmente feita com escovas com cerdas mais duras,
  • Algum tipo de trauma dentário,
  • Mau posicionamento dos dentes durante o processo de crescimento.
  • Tratamentos dentários mal feitos,
  • Prótese fixa mal colocada,
  • Escassez no fluxo salivar.

Por conta dessas causas para a Retração Gengival, pode ser interessante avaliarmos como tem sido a escovação dos dentes e que tipo de escova temos usado para esse trabalho.

É preciso que fique bem claro que uma escovação dental perfeita contribui diretamente para a saúde bucal e também diminui bastante a possibilidade de ocorrer essa retração na gengiva.

Por isso, reserve mais tempo para fazer a sua higiene bucal e procure usar as escovas com cerdas macia ou até melhor se forem do tipo extra-macias.

Aproveite esses momentos do dia para cuidar de fato de sua higiene bucal e trate seus dentes com o carinho que eles merecem.

Sintomas Apresentados

Entre os sintomas mais característicos que a Retração Gengival pode causar estão:

  • Sensibilidade dentária excessiva que pode ser percebida ao usar talheres, colocar alimentos quentes ou frio na boca, entre outras situações,
  • Dor nos dentes sem um motivo aparente,
  • Exposição visível da raiz do dente,
  • Sangramento da gengiva no momento da escovação (nesse caso já pode estar acontecendo uma doença periodontal),
  • Mau-hálito,
  • Sensação de que os dentes estão fracos ou frouxos,
  • Comprometimento estético pelo fato de a raiz do dente estar exposta mostrando uma coloração diferenciada do restante do dente,
  • Maior espaço visível entre os dentes, ao nível de sua base em relação a gengiva.

Esses são motivos mais do que justos para buscar por um tratamento para Retração Gengival sem perda de tempo.

Cirurgia para Enxerto de Tecido

Entre as opções para tratar a Retração Gengival, a técnica do Enxerto Gengival é uma das mais recomendadas. Para essa cirurgia, a gengiva é retirada de outro local, geralmente do Palato e então é fixada com sutura na área a ser recoberta.

Com essa técnica também permite um trabalho de reparação mais extenso, ou seja, abrangendo uma área maior da retração e a vantagem é que a sua recidiva é menos frequente se comparada a técnica de reposicionamento gengival através de cirurgia.

Tratamento de Canal

Em algumas situações a complicação causada pela Retração Gengival é tão acentuada que será necessário fazer o tratamento de canal no dente que fica mais exposto.

O que acontece é que por conta da escovação mal feita ou com o uso de escovas com cerdas duras, com a retração da gengiva, a raiz do dente fica exposta e com a pressão da escova sobre o dente, esse que se encontra sem a proteção da gengiva acaba sendo afetado e isso, cedo ou tarde acaba afetando diretamente o canal que precisará ser tratado.

Escovas de dente Específicas

Saber fazer uma escovação dental é imprescindível para a saúde bucal. Porém, nessa hora, é preciso pensar não apenas na saúde dos dentes, mas também na saúde das gengivas, pois são elas que protegem a raiz dos dentes e ajudam a evitar as inflamações.

Por isso, para uma escovação adequada, é preciso se prover de escovas apropriadas, e nesse caso, não podemos optar pela primeira escova que encontramos no mercado, é preciso saber escolher e optar sempre pelas melhores.

Nesse caso, as escovas com cerdas macias e com pontas mais afinadas são sempre as melhores opções, pois além de fazer a escovação sem machucar a gengiva, são mais práticas para usar.

Escovas com cerdas duras com a combinação da força excessiva durante a escovação dos dentes, vai comprometer toda a saúde da gengiva que poderá retrair com maior facilidade.

E para aqueles que alimentam dúvidas com respeito ao melhor modelo de escovas para a escovação dos dentes, tire um tempinho para conversar com o dentista, pois certamente ele saberá dar a resposta com segurança.

Leia também: